Toronto Con – Resumo Parte I

 Boa noite Acklesholics!!! E nós da equipe mais animada do Brasil estamos de volta! Com mais uma sensacional cobertura de con. A con dessa vez aconteceu em Toronto, e é claro que nós do JBR não deixaríamos de trazer a cobertura da #torcon!

Se tem uma coisa que nós da equipe JBR mais gosta, além claro do nosso amado Jensen, Supernatural, e Con é trazer pra vocês amados o resumo mais que completo!

 

         Mas antes nós da equipe JBr desejamos a todos vocês que ainda tem a sua criança interior, um FELIZ DIAS DAS CRIANÇAS o/ E quem mais do que esses três pra nós mostrar como é bom ter a nossa criança interior aflorada com os amigos!
Não sei quem é mais criança, o Jensen, o Jared ou o Misha!
Amooo vê-los assim. E a carinha de sapeca que o Jensen faz
Awwwn

           

E pra ficar de forma didática, vamos separar nosso super, mega e maravilhoso POST DA CON em dois! Essa primeira parte é com o Painel Gold (queria ser rica para participar) e o Breakfast! (ok, nas próximas eleições vou me candidatar, e criar o bolsa fã!) Confesso que a cada cobertura de con que fazemos, me dá vontade de me mudar de mala e cuia pra Vancouver ou/e Austin (sonha Van, sonha rsrsrsrs)  mas vamos parar de papo furando e…..
 
Agora sim, se liga no JBR e veeeeem com a gente, ler sobre tudo o que aconteceu nos dois painéis do J2 na Con de Toronto!

 

Painel Gold – Só o Jensen participou.


Jensen Ackles Meet and Greet começou um pouco estranho. Por alguma razão, eles montaram duas cadeiras para Jensen em vez do habitual (Painel Gold – Só com o Jensen). Jensen entrou, levantou uma sobrancelha, em seguida, tentou copiar, tanto para a diversão dos fãs reunidos. Ele, então, desistiu e zombou.

Jensen: Umm, eu não sou estou gordo!

Fãs: Umm, não…. De onde estamos sentados, tudo parece muito perfeito. (o que nós aqui, concordamos em gênero, numero e grau!) 

 
Após retirar uma cadeira, ele começou as perguntas e respostas com uma história.

Jensen: Então, Jared e eu fomos conhecer um lugar onde tem alguns coquetéis em nosso tempo. Fomos, na noite passada – Fomos a este lugar porque tinha lido sobre um coquetel que eles fazem lá, e custa $ 45 dólares, para uma bebida. Então é claro que Jared e eu fomos, temos que ir ver do que se trata! Então, depois de jantar no Boca, um ótimo lugar italiano, fomos até lá no bar.  E como o cara, é incrível. E nós estamos como, serio ?? $ 45?? Por isso, pedi dois deles, e nós não sabíamos como era… Então ele sai – leva uns 10 minutos para preparar – e é como um manhattan, vermute e bourbon e bitters, mas é a sua opinião sobre isso para que eles tenham todos esses outros ingredientes que colocar nele. Ele sai e ele está sentado em um pedestal de ferro – com uma jarra de vidro em cima dele, então a coisa toda fica assim grande fora do bar.

Jensen: E o frasco de vidro está completamente cheio de fumaça. Há fichas Hickory envolta que estão fumando – o coquetel é em cima dessa cama de madeira fumante que está enchendo este frasco e fumando-se a bebida. Então, agora a barra inteira cheira a uma fogueira. Temos quatro senhoras na outra extremidade da barra indo como asfixia – e nós levamos o frasco fora e é como David Copperfield, com toda a fumaça. E eu vou dizer que foi, provavelmente, a melhor bebida que eu já bebi. Embora eu não sei, se valeu a pena os 45 dólares! De qualquer forma, eu tinha que contar a alguém sobre isso.
 
Foto postada pelo Clif em seu twitter 

                    (Agora até a minha pessoa quer experimentar essa bebida! srsrsr)

Fãs: Sinta-se livre para nos dizer alguma coisa….

Jensen: Então, alguma pergunta?

Lynn: Os fãs ficaram surpresos que Sam não procurou por Dean um pouco mais difícil – e parecia que você interpretou Dean como se ele também estivesse meio magoado e ofendido. Qual é sua opinião – como é que Dean  se sente sobre isso?

Jensen: Ele não está, e você vai vê-lo lutar. Ele vai se desenrolar nos próximos episódios, vamos começar a mostrar isso, dando ao público um pouco mais de visão sobre o que aconteceu com Sam e o que aconteceu com Dean quando eles estavam separados, através de flashbacks. Então ele começa a meio que mostrar o que ele estava fazendo, mas ele realmente não vai explicar o porquê, e eu acho que vai ser uma coisa grande que vai ser revelada eventualmente. E eles lutam sobre isso. Dean está muito chateado com isso. Ele está como, “Que diabos. Você poderia ter ido, um ano e não tentou me encontrar?” 

Lynn: Sim, exatamente.

Jensen: Então agora estamos filmando o episódio 8, e totalmente não foi revelado ainda, e ele é adicionado à luta, entre outras lutas que eles estão passando. Benny sendo um deles.

Lynn: Oooh, ótimo personagem!

Jensen: Benny é um grande personagem, e você vai ver mais de Ty em episódios futuros. Ele é um grande ator, ele instantaneamente se tornou parte da família. Mas a relação que Benny e Dean forjaram no Purgatório os fez, saírem de lá, e Sam não entende o porque. Sempre foi muito seco com o Dean, preto e branco. Então, você vai ver que a luta, tanto Dean lutando com ele, e também Sam dizendo ”olha cara, se você não vai tirá-lo, talvez eu o tire.“ E Dean não quer isso. Ele está protegendo Benny e Benny protegeu Dean, e há algumas linhas realmente difíceis que Dean diz sobre esta situação.

Fã: Então, como foi dirigir de novo?

Jensen: Parece ser cada vez mais difícil, e eu acho que talvez seja porque a ignorância é felicidade pela primeira vez. Quanto mais eu faço isso, mais eu entendo quanto mais eu sei, mais são as coisas que eu tenho que pensar. Não é como se eu apenas fui filmar a partir do quadril na primeira vez, eu sabia o que estava fazendo, mas há tantas complexidades ao dirigir. É realmente uma forma de arte, e para encontrar o valor artístico é única para cada um. Eu ainda estou achando que, ao contrário de fazê-lo como uma fórmula que eu usei no passado. Quanto mais eu faço isso, mais eu percebo que há muito mais entre as linhas, aumentando a complexidade.

Fã: Então você está desenvolvendo seu próprio estilo?

Jensen: Absolutamente. É a mesma de quando eu comecei a atuar. Eu sabia que eu deveria memorizar estas linhas e mostra-las para a câmera. E quanto mais eu fiz isso, mais eu percebia que era também o que estava acontecendo nas entrelinhas, o momento em que eu não estava falando, é importante.

Fã: Então você vai fazer isso de novo?

Jensen: Sim.

 
Acho tao lindo a forma como o Jensen fala sobre a direção! E eu gosto muito do jeito que ele leva essa arte. como o produto final! O que nós da equipe JBR concordamos plenamente! Vamos continuar com a conversa entre o Jay e as fãs….
 
Fã: Na última convenção, alguém perguntou se Dean era uma pessoa real, que você se dá bem com ele. E eu não sei se você estava brincando, mas você disse que não.
Jensen: Eu estava brincando.  

Fãs: estão rindo e possivelmente aliviados.

Jensen: Porque eu acho que eu iria ficar junto com Dean. Ele me lembra não de um amigo em particular, mas de amigos que eu tenho na minha vida e do amor. Eu acho que fiz Dean de um conjunto de pessoas que eu conheço. E então ele apenas meio decolou com uma vida própria. Eu acho que nós seríamos amigos, quer dizer, o cara dirige um carro impressionante… Seu irmão é um pouco estranho, mas…  (agora como não amar esse homem??? Amo quando o Jensen fala assim do Dean!)

Marilyn: O que é mais atraente no Dean?
Outros fãs: Oh, vamos enumerá-los, não é? Oh, espere, classificação aqui, não é?  
Fan: Sua jaqueta de couro?

Jensen: Não mais! O primeiro foi roubado, e o segundo conseguiu vencer o inferno no purgatório. Dean Acho que segui em frente. Mas eu diria que sua lealdade é, é uma das maiores coisas que Dean tem que ele não pode abalar não importa o quê. Tudo o que ele está passando, há um senso de lealdade. Certo ou errado, ele vai ser leal às pessoas que fizeram promessas para ele. E eu acho que isso é uma qualidade admirável. Mas eu também gostaria porque ele é falho, eu gosto mais dele, porque ele não é perfeito. Ele pode ser um idiota, ele pode ser míope, e cabeça-dura. As pessoas não são perfeitas, e ter um caráter perfeito não faz sentido. Em torno dos personagens imperfeitos, os heróis relutantes.  

Jensen falando sobre o papel, inicialmente Jensen seria Sam, mas quando foi chamado para o teste eles mudaram de ideia.

Jensen: Mas assim que eu li por Kripke e David Nutter, perguntei se havia alguma maneira eu poderia ler para Dean, e David disse que é muito engraçado, porque enquanto eu estava lendo para Sam, Eric se inclinou e era como, (sussurro) ele seria um Dean melhor. Então, eu nunca sequer li para Dean até o teste final, que é a última etapa do processo de audição. Elas trazem para você a para as pessoas da rede, em um quarto duas vezes este tamanho, com 30 executivos e você fazer um teste para eles. E Jared e eu éramos os únicos atores nesse dia – geralmente há cerca de dez – Eu li Dean, ele leu Sam, e enviaram-nos para fora da sala, conversaram por cerca de cinco minutos, em seguida, nos trouxe de volta e ficamos tipo, (palmas) Parabéns! Assim, inicialmente, a relação entre os irmãos que eu pensei é o ponto crucial do show, o que tudo gira em torno. Eu sabia que, se essa relação trabalhou na câmera, o show foi indo para o trabalho. 
Fãs: e caramba, você estava certo!
Jensen: Então eu acho que é uma daquelas coisas que, quando você se emociona, você tenta segurá-la e você não pode – é assim que acontece. Não sei se faz algum sentido.

Fãs: Na verdade, faz todo o sentido.
Jensen: Às vezes, quando eu tive uma cena emocional muito pesada, quando há lágrimas descendo meu rosto, eles gritam cortar e eu tenho que dar um passeio. (awn… sempre me lembro do Jared falando que na season finale da segunda temporada, ele teve que abraçar o Jensen até que ele parasse de chorar.)

Fãs: Umm, podemos consolar você, se você quiser…. (tiraram as palavras da minha boca, mas enfim… awnnn)
Jensen: Seu corpo não sabe que não é real, e é difícil para limpá-lo. Lembro de uma vez que era uma cena em que Dean estava dizendo a Sam o que 40 anos de inferno era assim, e eu fiquei tão emocionado que eu tinha que ir embora. E J. Miller Tobin foi dirigindo, e ele me alcançou cerca de cem metros abaixo da estrada e eu ainda estava em lágrimas e ele passou os braços em volta de mim e me deu um abraço, e eu estava tipo, cara, obrigado. É difícil, e é incrível, eu me lembro dessas cenas. Nós fizemos 158 episódios e eu não me lembro de todos eles, piadas etc, mas essas cenas emocionais deixaram marcas em mim. (awnmmm… eu queria trabalhar na produção pra poder abraçar o Jensen nesses momentos *–*)

Marilyn: Em seus oito anos, o que é o seu momento especial?
Jensen: Bem, o show, eu diria que se casar. (Awnnnn… ele podia ser mais fofo???)
Fãs: Bom garoto.

Depois desse momento “mais sério” do Jensen falando com as fãs em um painel privado. Vamos agora ao Breakfast cujo o sumido e agora aparecido do Jared está com seu grande amigo!

Breakfast – Jensen e Jared 

Não aguento com a carinha que esses dois fazem!

Breakfast Painel completo!

O painel já começa com o Jensen se desculpando a pelo Karaoke rsrrsrs (desculpa amor, mas essa cena do Dean cantando i’m too sexy, vai ficar pra sempre em nossa memória! Confesso que ri horrores nessa parte! Jensen sempre nos surpreendendo com sua atuação maravilhosa!)

Toda hora que o J2 falam sobre a s11 õ/
J2 adoram ouvir Kripke falar sobre o show.
JP diz que há uma possibilidade (não confirmada) da S11 e a s10 estava confirmada desde a S4 (nessa hora levantamos as mãos pro céu e agradecemos. Obrigada senhor!)
JP: Nós vamos fazer SPN em walkers! Bem, pelo menos até o meu aniversário de 40 anos! JA: espera! – o que?!
JP: faria um episódio de Shakespeare. Jensen faria um musical.
 
                

 
(Eu particularmente gostaria de ver os dois, rsrsrs e vocês queridos amigos leitores???)

Os meninos dizendo que não fariam o Show sem a gente! Awnnn
Fã: Como vocês lidam em situações mais difíceis? JA: internalizamos muito. JP e eu somos semelhantes assim. A resposta depende da situação.
Se há um problema com o show, nós temos uma reunião de família coisa chamada – em nossos trailers.
P: Vocês possuem os recortes de papelão gigantes de vocês? JA: Sim, eu mesmo. JP: aqueles que não são gigantes! Quer dizer as miniaturas de nós!

Um amigo enviou uma foto de seu recorte gigante em uma loja com a mensagem: por que você está me seguindo? haha
Fã: se o Impala não existe, qual carro seria? JA: uma nova ou barracuda. JP: ou o novo Prius! Grande em gás!
JP sobre dirigir um episódio: provavelmente não. JA: também ele me vê fazendo isso.
O Jensen segue os conselhos de Kim Manners sobre direção.
JA: é fácil quando Jared e eu estamos trabalhando juntos.
JA diz que SPN é um excelente conjunto de ambiente de trabalho. Estrelas convidadas veem isso também
JA: mais recentemente tem havido algumas cenas em que somos como realmente? Então JP e eu mudá-lo!
Quando Jared e Jensen não gostam de uma cena. Eles apenas se reúnem para alterá-lo, em vez de falar com os escritores sobre isso #torcon
JP: ninguém conhece Dean melhor que o JA.
Jensen: eu venho fazendo isso há 18 anos… JP: ele é velho!
JA: Eu sou tão honrado em trabalhar com pessoas  tão talentosas e humildes… Nessa hora o Jared fecha os ouvidos!
Os meninos agora estão falando de como eles amam o Supernatural!
“Nós vamos fazer isso certo para nós, porque sabemos de Sam e Dean melhor do que ninguém”.

Ambos JP e JA falam tão apaixonadamente sobre o show e como eles são gratos.
 
 
JP fala sobre dirigir. JA Aprecia o café 🙂


      Peninha que esse painel só dura meia hora! Eles podiam fazer um que durasse bastante tempo! ;((( 
Bom continuem ligados no próximo post, que vamos vir com tudo com o ultimo painel do dia! 


E já sabem né amores, gostou da nossa cobertura, comenta aqui em baixo, surte com a gente. curta e compartilhe. 

XoXo JBR!

 

Comente aqui com a gente também