Review – Supernatural 12×03 – The Foundry

Oie oie  gente, eu sou a Be e estamos de volta com mais um Review do Supernatural!

Então vamos deixar de blá blá porque temos muito o que falar rsrssrrs


Para os fãs: 


Um pequeno resumo do episódio:

supernatural-s12-e3_1

Sam (Padalecki), Dean ( Ackles) e Mary (Samantha Smith)

Sam e Dean não acham nada sobre os Homens das Letras britânicos no bunker. Cas vai atrás de Lúcifer. Mary diz que encontrou um caso, Dean acha uma boa ideia ter uma caçada em família. Mary quer sair atrás de informações porem os garotos conseguem tudo através da internet. Durante a caçada, Mary é possuida pelo espirito que ela e seus filhos estão caçando. Crowley se junta a Cas para capturar Lúcifer. Rowena engana Lúcifer e consegue despista-lo por um tempo.Crowley e Cas chegam até Lúcifer, mas quem eles encontraram é Rowena.
Mary desabafa com os garotos sobre como está se sentindo e decide ir embora. Dean e Sam ficam arrasados com a escolha da mãe.


Review:

Vamos fazer um pouco diferente dessa vez, vamos colocar os pontos positivos e os negativos do episódio.

pontos positivos: 

  • O primeiro momento de caçada em família. De volta as caçadas das primeiras temporadas.
  • Dean realmente gostando de caçar com sua mãe.
  • Mary lidando com a caça: ela assumiu o controle da caça no início, e usou seus métodos antigos de caça para encontrar a verdade por trás dos fantasmas.
  •  Agentes Beyonce e Z (ri muito kkkkkk)
  • Rowena enganando o próprio porra diabo.

pontos negativos: 

  • O caso em si era chato.
  • O Lúcifer ter confiado em Rowena. Logo ela que já tinha o enganado antes. Foi muito estupido da parte dele ter acreditado novamente nela.
  • Mary abandonar os filhos.

Sobre Mary ir embora: 

Sam soube lidar melhor com a volta da mãe? Sim, porque ele nunca teve um contato com ela. Foi muito mais difícil para Dean que teve sua mãe até os 4 anos de idade. E depois de ano poder conviver com ela de novo?! Foi um forte baque. Ok! Mary não estava sabendo lidar com sua volta e nem com seus filhos  agora adultos. Mas  e seus filhos que só tiveram a mãe por alguns dias?! Principalmente Dean, que estava lidando do jeito dele com essa situação.  Mesmo ela passando por isso, não justifica abandonar seus filhos. Dean  teve de lidar  durante toda a sua vida com a perda sua mãe. E quando ele finalmente tem a chance de ser um filho e ter sua mãe por perto, e ela apenas se manda?!  Porra! A Mary foi muito vaca (desculpe-me, mas essa cena me revoltou em níveis inimagináveis)   E não tiro a razão do Dean em não querer abraçá-la antes que ela fosse embora. Porque o Dean  teria que aceitar o fato de sua mãe não estar confortável com  essa situação, quando ele mesmo não estava. Foi uma bola fora da Mary, e só vai fazer o Dean se fechar mais ainda.  E como disse no inicio, é muito mais fácil para Sam porque ele não tinha uma relação de mãe e filho com a Mary. Então teoricamente ela seria uma estranha pra Sam.  Já Dean sofreu por sua morte, e agora com a sua partida por escolha dela.  Sim, Mary foi egoísta e só pensou no que ela estava passando, não ligando a minima para o Dean.

Confira um Sneak Peek de The Foundry


Trilha sonora: 

No terceiro episódio da 12 temporada (The Foundry) tivemos apenas uma unica música na trilha sonora do episódio.  Born To Be Wild do STEPPENWOLF

Escute em nossa playlist no youtube! (em breve a página Soundtrack season 12)


Saiba o que vai acontecer no próximo episódio de Supernatural 12×04 –  American Nightmare

Fique ligadinho aqui no JBR!

Até a próxima Ackleholics!!

     

Comente aqui com a gente também